EDIFIQUE SUA CASA COM SABEDORIA
Edifique a sua casa com sabedoria.
Reúna-se periodicamente com os familiares para cultuar a Deus e para conversar assuntos de interesse familiar.

Procure avaliar o relacionamento conjugal, expor a situação orçamentária, projetar a administração da casa, rever o seu comportamento como mulher cristã e dona de casa e acompanhar os estudos ou a faculdade dos seus filhos. Estes assuntos são muito importantes e imprescindíveis.

Após tratar dos assuntos domésticos, faça um culto com o seu esposo e os filhos. Mas faça-o periodicamente.

Lembro-me de que certo domingo, após participar de um culto em minha igreja, na Assembléia de Deus da Penha, Rio de Janeiro, uma irmã fez-me um convite muito especial: “Eu e minha família convidamos a irmã para ministrar a mensagem da Palavra de Deus em um culto doméstico que realizamos há oito anos em nossa casa”. Eu me senti lisonjeada e, obviamente, aceitei o convite.

Não permita que Satanás trabalhe para destruir o seu lar (João 10.10). Dedique alguns minutos de seu dia para suplicar a proteção do Senhor. Construa um altar de adoração na presença do Senhor, em sua casa, e peça que Ele faça de você uma mulher vitoriosa que administra bem o seu lar.

O QUE É NECESSÁRIO PARA UM CASAMENTO FELIZ

Aceitar os princípios da palavra de Deus para o matrimônio
O Cristão deve ter em mente que em tudo na vida deve submeter-se á palavra de Deus, como servo (Mt 20.25-28), temer a Deus e andar nos seus caminhos (Sl.128).


Submeter-se ao Espírito Santo para obedecer a palavra de Deus
Somente com o poder do Espírito Santo o casal tem condições de obedecer á palavra de Deus com relação ao casamento. Para tanto, precisa do Fruto do Espírito em seu relacionamento, conforme (Gl 5.22-23). O homem espiritual e a mulher espiritual, que são verdadeiros cristãos, demonstram isso na vida diária: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Havendo essas maravilhosas virtudes do Espírito, o casal o casamento e a família serão felizes.


Casamento Feliz
Com base na palavra de Deus, temos a seguir os requisitos que consideramos mais importante:
*Independência (Gn 2.24)
1) Emocional
2) Domiciliar
3) Financeira

União Espiritual
- Os dois precisam ter as mesmas convicções espirituais (2 Co 6.14);
- Precisam ter o mesmo comportamento espiritual no servir Deus (1 Pe 3.7).


União Psicologica
- Refere-se á união dos temperamentos, dos sentimentos, das emoções (1 Co 1.10);
- Equilíbrio emocional ¨temperados¨ fruto da temperança (Gl 5.22).

União Intelectual
- Resultante da formação de instrução do conhecimento adquiridos. Se possível, dois devem ter o mesmo nível intelectual aproximados.


União Social
- O casal origina-se de famílias diferentes: pais, sogros, parentes;
- constituem família (grupo social)
- Sociedade Casa – Família – Sociedade
- Aspecto legal (1 Co 7.39)

União Fisica /Sexual


1) Sua natureza

- Prevista por Deus (Gn 1.27-28; 2.24)
Não era, nem é e nem será pecado, dentro dos princípios de Deus (Hb 13.4).

2) Sua finalidade

- Procriação (Gn 1.28)
- Ajustamento mútuo entre marido e mulher (1 Co 7.1-7)
- Satisfação (bem estar, prazer) Pv 5.18; Ec 9.9 (ver livro de cantares de Salomão)
- Deus valoriza a união sexual entre marido e mulher (Dt 24.5)


3) Como deve ser, no plano de Deus

- Exclusiva;
- Monogâmica;
- Alegre (Pv 5.18);
- Santa (1 Pe 1.15; 1 Ts 4.4-8);
- Natural (Ct 2.6; 8.3);
- Observar o significado do corpo para Deus como: (1Co 6.19-20)
Templo de Deus, propriedade do Espírito Santo.

União Amorosa

- O marido deve amar sua esposa, até de modo sacrificial (Ef.5.25);
- A esposa deve amar o seu esposo (Tt 2.4).

Como demonstrar o Amor

- Com afeto, com carinho, com palavras (Ct 4; Pv 31.29);
- Com gestos, abraços carícias (1 Jo 3.18; 1 Pe 3.8);
- Fazendo o possível em favor do outro (Ef 5.25);
- Zelando um ao outro (Ef 5.29);
O amor é o elo principal do relacionamento entre o marido e a mulher. Se não houver o amor tudo desaba. Este amor deve estar dominado pelo amor Ágape (1 Co 13).

Respeito

- O marido deve respeitar a mulher (1Pe 3.7);
- A mulher deve respeitar o marido (Ef 5.33);
- Um não é maior que o outro (1 Co 11.11; Gl 3: 26-28).


Comunicação
- É necessário disponibilidade de tempo para comunicação entre casal (Ec 3.1-8);
- Inimigos da comunicação:
a) Excesso de trabalho no lar, no emprego, na igreja;
b) Desunião (Tg 3.13-18);
c) Desvio de atenções: Televisão, atividades, amigos.

Entender o conceito de liderança cristão no Lar:
1) O marido é a cabeça (o líder) do casal e do Lar (Ef. 5.22-23);
2) A mulher é vice-líder, ao lado do marido (adjutora) (Gn. 2.18; 1 Tm 5.14);
3) A liderança do casal esta sob a liderança de cristo (1 Co 11.1-3);
Deus < Cristo < Marido < Esposa < Filhos

Podemos entender então, que para ter uma vida familiar e conjugal feliz precisamos cumprir os princípios de Deus de acordo com a sua Palavra.





Apocalispe 22.11
Ezequeil 16.6.15

SEM SANTIDADE NINGUEM VERÁ AO SENHOR JESUS

SER SANTO E SANTIFICAR MAIS ,JESUS QUE TER LAVAR COM ÁGUA UNGIR COM SANGUE E UNGIR COM O ÓLEO.
O OBREIRO TEM A COROA DE GLORIA NA CABEÇA, NÁO DEIXA EXLTA O SEU CORÇÃO´´fama´´
NÃO CONFIA EM SI MESMO.


CUIDA PARA VOÇE NÃO SE CONROMPER TEMOS QUE SER DEPENDE DA OBRA DE DEUS, E IMPORTANTE VOÇE SE SANTO

VOLTAR NA POSIÇÃO QUE DEUS TE CHAMOU, E FAZER A VONTADE DE DEUS


DEUS REPREENDE AQUELE QUE O AMA


NÃO PODEMOS DESPREZAR AQUILO QUE DEUS MIM DEU .,DEUS TE CHAMOU SE SANTIFICA CADA VEZ M
AIS.













































Moda para Evangélicas é destaque na Revista Veja


Dá para conciliar preceitos religiosos rigorosos com o gosto brasileiro por roupas vistosas? Cerca de 15 milhões de evangélicas, uma multidão que, na hora de compor o guarda-roupa, segue mais ou menos ao pé da letra (ou melhor, da tradição, já que textos religiosos raramente entram em tais detalhes) as doutrinas da sua igreja, tentam fazer isso. De modo geral, o código de vestuário das religiões evangélicas reza o seguinte: calça comprida, não; decote, também não; saia, abaixo do joelho; transparências, nem pensar; mangas, sempre.

Como a moda que impera na maioria das lojas é o oposto de tudo isso, surgiu nos últimos anos uma série de confecções especializadas em roupas para mulheres que não podem mostrar muito, mas também não querem parecer viver no Afeganistão dos talibãs. Só no bairro do Brás, em São Paulo, quase trinta lojas funcionam sob a placa "Moda Evangélica" e vendem para todo o país, principalmente no Nordeste e no Sul.

Entre as preferências do público, reina absoluta a saia logo abaixo do joelho (chamada de "saia secretária") de jeans. "Sempre com muitos apliques, bordados, brilhos, vários bolsos ou zíperes. A evangélica gosta de traduzir na roupa o que não usa em maquiagem e acessórios", explica Aurea Flores, veterana no ramo – há quase quinze anos é proprietária da Joyaly, em São Paulo, onde mantém um cadastro de mais de 5.000 clientes, entre os quais lojas de Rondônia a Santa Catarina. Evangélica como suas freguesas, Aurea só tem vendedoras crentes

mande uma telemensagem para pessoa amada



Mensagens

mapa

seja bem vindo voltem sempre